Aprenda com as lições de algumas franquias que fracassaram

Compartilhe esse artigo

Apesar do sistema de franquias ter uma porcentagem muito alta de sucesso em relação a outros setores da economia como comércio e serviços mesmo na crise econômica no Brasil, existem casos de franquias que decretaram falência ou foram incorporadas por outras marcas.

Nesse artigo, iremos abordar os principais erros de franquias que fracassaram e porque contratar uma consultoria já na estruturação da sua franquia evita muita dor de cabeça.

Tudo isso para que você não cometa os mesmos erros dessas grandes marcas.

Falta de pesquisa de mercado

Um dos principais erros cometidos se refere à falta de pesquisa de mercado no momento anterior à abertura da franquia.

É essencial que haja um estudo detalhado dos hábitos de consumo daquele público que frequenta o local que será instalado a franquia, se há um interesse daquelas pessoas em consumir aquele produto.

Outro aspecto é a sazonalidade, isto é, vender produtos que só são vendidos no verão ou inverno,é uma escolha muito arriscada.

Um dos casos em que ocorreu erro de planejamento foi a rede Dunkin Donuts no Brasil, que teve falência por não vender produtos alimentícios brasileiros.

Atualmente, a empresa instalou uma filial em Brasília a qual vende não somente donuts mas outros salgados e doces que a população tem interesse de consumir.

Não acompanhar as mudanças do mercado

Na questão dos negócios é essencial que haja adaptações conforme as demandas do mercado.

Nesse sentido, as franquias acompanham essa dinâmica, a cada mudança de interesse do público, é preciso realizar ajustes substanciais para que a empresa sempre tenha crescimento, evitando assim sua falência.

Um exemplo notável desse erro é a rede de locadoras de vídeo Blockbuster que teve sua última loja fechada nos Estados Unidos em 2013, nesse caso específico houve uma concorrência significativa dos serviços de streaming de vídeo, o que ocasionou o desinteresse das pessoas em alugar dvd´s.

Escolha errada do franqueado

O papel do franqueado é único no sistema de franquias uma vez que esse administra o negócio e deve ser capaz de gerir de maneira eficiente a empresa.

O franqueado deve ser responsável, interessado, não ter dívidas, organizado e ter capital suficiente para conseguir tocar a empresa nos primeiros meses de menor movimento no negócio.

Se o franqueado não tiver todas essas características é muito provável que a franquia não tenha sucesso, daí a importância de se escolher uma pessoa capacitada para o cargo.

Não oferecer suporte aos franqueados

considere que vocẽ terá que oferecer suporte constante ao franqueado

O suporte do franqueador é essencial para que a padronização das franquias ocorra, e desse modo o mesmo deve sempre fornecer a capacitação adequada para os funcionários.

Além de auxiliar em todas as questões que possam surgir no funcionamento da franquia, o franqueador deve estar sempre disponível para que as filiais possam ter sucesso.

Muitas franquias fecham todos os anos por não obterem suporte algum do franqueado, certifique-se de não cometer o mesmo erro.

Velocidade de expansão

Crescer muito rápido sem o devido planejamento é tão contraproducente quanto crescer muito lentamente.

O fato de que aumentar o número de filiais em pouco tempo faz com que haja uma demanda maior de suporte por parte do franqueador que, muitas vezes, pode não dar conta e assim comprometer o negócio.

Já crescer muito devagar impacta no recebimento das taxas de franquias, royalties e taxa de publicidade.

Isso também diminui a renda destinada ao suporte que é custoso para o franqueado.

Sem o devido suporte de qualidade compromete-se o crescimento da franquia.

Má escolha do ponto comercial

A localização da franquia é fundamental para que o fluxo de pessoas e potenciais clientes seja coerente com o ponto comercial.

Essa questão ocorre muito no ramo alimentício, o lugar deve oferecer público que tem a ver com o produto oferecido, seja num shopping ou no centro da cidade, por exemplo é muito difícil ter sucesso num lugar em que não haja movimento algum na maior parte do tempo.

Falta de experiência do franqueador

Ter experiência no mercado é importante para a sua franquia

É essencial que o franqueador tenha tido experiência na administração do negócio por no mínimo 2 anos antes de abrir franquias.

Nesse sentido é recomendável que o franqueador abra uma unidade-piloto com todo o gerenciamento e funcionamento do modelo de franquia desejável.

Muitas franquias novas decretam falência por esse motivo, sem que haja experiência suficiente fica muito inviável a replicação de um sistema de negócio que não existe.

A importância da contratação de uma consultoria para a abertura da franquia

Começar uma franquia é um processo muito complexo e custoso e garantir desde o início de que não ocorram erros nesse processo é um dos objetivos dos serviços de consultoria.

O suporte dado pela consultoria engloba diversas áreas para abrir franquias como o procedimento jurídico, o marketing e auxílio comercial necessários para que o processo seja o mais rápido e eficiente possível.

A consultoria tem o principal objetivo de padronizar o modelo da sua empresa para o sistema de franquias.

Pelo fato das equipes de consultoria especializada em franquias terem muita experiência em todo esses processos, isso garante uma segurança de que o seu dinheiro será corretamente investido e retornará em uma franquia muito bem elaborada.

O retorno do investimento será muito mais rápido desse modo do que tentando abrir a franquia sozinho, muitas vezes cometendo alguns erros que apresentamos acima que poderiam ser evitados caso houvesse uma consultoria qualificada que atentasse às necessidades do mercado.

No entanto, é fundamental que você procure uma consultoria de confiança que seja filiada à ABF, Associação Brasileira de Franchising que irá com certeza atender a todos os pré-requisitos para a abertura de uma franquia bem sucedida.

Como vimos nesse artigo, é imprescindível que haja todo um trabalho minucioso que se atente as demandas do mercado e do público alvo na abertura das franquias para que o negócio tenha sucesso.

A fim de que isso ocorra, é muito recomendado a contratação de serviço de consultoria com o intuito de garantir que esse processo aconteça de modo mais tranquilo possível, assegurando que a sua franquia tenha o crescimento esperado e seja uma franquia de sucesso no Brasil.