Os 10 erros mais comuns cometidos por novos franqueadores

A expansão do setor de franquias tem atraído a atenção de investidores, mesmo em fase de mudança eleitoral.

Transformar o seu negócio em franquia é uma oportunidade de empreender e reduzir os riscos.

O faturamento no setor teve um aumento de 6,8% no primeiro semestre desse ano, segundo a ABF, Associação Brasileira de Franchising.

Durante o processo de criação ou transformação do seu negócio em franquia deve-se conhecer e se esquivar dos equívocos mais comuns que vão além de uma subida ascendente sem planejamento ou controle.

Danilo Pace, sócio proprietário da Inova Franquias afirma que durante esse caminho, há diversas armadilhas no franchising:

“Devido à alta procura no segmento de franquias há diversas tentações nesse mercado por parte dos donos da marca. Alguns empresários se precipitam em vender uma unidade do seu negócio antes mesmo de formata-lo corretamente, colocando em risco o sucesso do franqueado e o padrão de qualidade da marca.”

Entretanto, existem formas de evitar os equívocos comuns ao franquear sua marca.

  1. Franquear o seu negócio sem um Plano de Negócios para franquias
  2. Começar o processo pela venda das unidades
  3. Vender ao invés de selecionar
  4. Errar nos números
  5. Fazer a oferta errada
  6. Entregar a COF e contratos feitos de qualquer jeito
  7. Dimensionar mal as equipes.
  8. Contratar qualquer consultoria ou advogado.
  9. Dimensionar mal o investimento.
  10. Cair na inércia.


Deixe uma resposta

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.
WhatsApp chat